Palestra sobre o Dharma com Roshi Amy Hollowell [esta actividade sofreu alterações; ver abaixo]

21 de Abril  |  20h00  |  União Budista Portuguesa

Organização: União Budista Portuguesa/Associação Zen Flor Silvestre

Contribuição: 10 euros

Inscrições: https://forms.gle/dz7SGzWpizL8uRjRA

A inscrição só é considerada finalizada após pagamento do valor indicado e envio por email do respectivo comprovativo.

Palestra em inglês, com tradução para português.

Esta actividade tem número de inscrições limitadas. A presença no curso seguirá as normas de saúde em vigor na altura.

Contactos: mail@uniaobudista.pt

wildflower.pt@gmail.com


Sensei Joa «Celui qui sauve» Scetbon-Didi é franco-americano. Depois de uma infância vivida em Paris e nos arredores desta cidade, viveu algum tempo no estrangeiro. Em 1999, voltou a instalar-se em Paris.

Iniciou-se na meditação e no budismo em inícios dos anos 90, com o lama Surya Das e diversos mestres budistas. O seu interesse pelo Zen levou-o a tornar-se estudante de Roshi Catherine «Genno» Pagès, na comunidade não-monástica Dana Sangha, em Montreuil, de quem recebeu os preceitos (jukai).
Desde 2004, continuou a sua prática junto da primeira sucessora daquela mestra, Roshi Amy «Tu es cela» Hollowell. Em 2009, fundou com esta a associação Wild Flower Zen Sangha. Em 2017, Roshi Amy Hollowell nomeou-o detentor do Dharma.

Licenciado em Filosofia, Economia e Ciências Religiosas, Joa Scetbon ganha a vida como consultor editorial, tradutor e organizador de acontecimentos musicais. É autor das traduções para francês L’art de la paix e Comment accommoder sa vie à la manière zen, do mestre zen Bernie Glassman, e Le bouddhisme libéré des croyances, de Stephen Batchelor.

Sobre a Associação Zen Flor Silvestre e a Wild Flower Zen Sangha:

sanghazenpt.org

wildflowerzen.org

Close