Introdução à Meditação (online)

Com Luís Miguel Carmo

1, 8 e 15 de Julho | 19h15 às 20h45

Organização: Associação Zen Flor Silvestre/Wild Flower Zen Sangha

Perante as dificuldades destes momentos de confinamento, que nos fazem deparar com reações intensificadas e com a experiência de uma ansiedade social generalizada, é importante cultivar ferramentas que nos ajudem a não nos perdermos de uma sanidade e equilíbrio interior capaz de lidar com as situações da forma como elas são.

Baseado sobretudo em técnicas de mindfulness e focusing, abordadas numa perspetiva da tradição budista, este curso visa desenvolver consciência em relação ao processo percetivo que desencadeia as emoções, assim como das suas causas e efeitos e seu ciclo de adição, para se deixar de ficar tão dominado por elas e gerar, em vez disso, a capacidade de agir e responder às situações com liberdade.

A base é despertar uma qualidade de atenção direcionada para o que está a acontecer, notando o processo, desde aquilo que desencadeia a emoção, passando pela compulsão em reagir a partir da forma habitual, até ao efeito, por vezes destrutivo e devastador, para nós e para outros. A partir dessa base de atenção recetiva e não julgadora torna-se possível um espaço de resposta adequada às circunstâncias e um descondicionamento das reações habituais.

A par desta qualidade de presença, que nem sempre é possível sustentar, cultivamos respostas que se tornam uma espécie de antídotos e estratégias para não nos perdermos na onda emocional, com suas contrapartes mental, sensorial ou comportamental, cultivando ao mesmo tempo um espaço de compaixão e bondade em relação a nós, tanto quanto aos outros.

O curso será transmitido por Zoom, e as respetivas informações serão providenciadas aos inscritos.

ORIENTADOR:

Luís Miguel Carmo é praticante do budismo tibetano (1999), Zen e do budismo dos primeiros tempos, sendo instrutor de meditação e budismo (2008). Tem estudado e praticado com professores de várias tradições budistas, estando desde 2008 a praticar com Amy Roshi, fundadora da Wild Flower Zen Sangha.

Licenciado em Filosofia (1999), aprofundou estudos e tem desenvolvido práticas nas áreas do focusing (2006) e da experiência somática (2017), que traz como apoio para uma aplicação à prática da meditação num contexto budista.

CONTRIBUIÇÃO:

Para esta actividade, propomos um donativo no valor de 30 euros.

Contribua de acordo com a sua disponibilidade financeira e com o valor que a prática tem para si. Está aberta a contribuição com outro valor.

Uma real indisponibilidade financeira não é impeditiva da participação na actividade.

INSCRIÇÕES:

Contactar o orientador em nigadzhi@hotmail.com ou 967 858 696. 

Foto: David Bartus

Close