Plano de Actividades

 2015-2017

1. Com o intuito de dar continuidade à missão da UBP enquanto agente agregador das diferentes escolas, associações, comunidades e praticantes budistas portugueses, propomos o seguinte:

- Renovar os laços com as escolas presentes na UBP: Implementar o diálogo, reforçar o contributo das escolas no funcionamento da UBP (nomeadamente a nível do ensino e representação do Dharma) e ir ao encontro das suas necessidades. Promover a cooperação e o encontro entre as várias escolas, associações e praticantes budistas. Redefinir a relação com as delegações e núcleos do Dharma;

- Integração de novas escolas de tradições autênticas representadas no país e de associações com fins de divulgação e práticas budistas (grupos de meditação, centros de retiro, etc.)

 

2. Considerando a UBP como um canal de informação entre as escolas, a comunidade budista e a sociedade em geral pretendemos:

- Renovar a imagem institucional da UBP a nível do site e redes sociais. Promoção do diálogo com congéneres internacionais;

- Continuar a divulgação da tradição budista através da comunicação social e da internet. Continuar também a articular com as escolas a presença na RTP e RDP;

- Continuar o diálogo com o estado Português, outras tradições religiosas, e instituições nacionais relevantes.

 

3. Para contribuir para preservação da tradição budista em Portugal propomos:

- Proporcionar o acesso aos ensinamentos budistas: Apoiar o convite de Mestres das várias tradições para ensinarem em Portugal. Facultar informações sobre o estudo e a prática nas diversas correntes. Providenciar acesso a livros, vídeo e outros materiais para estudo;

- Apoiar os ensinamentos orais e escritos que são organizados e editados pelas escolas, de forma a manter o conhecimento e prática das várias correntes da tradição budista;

- Apoiar a comunidade monástica em Portugal: Sensibilização da importância dessa mesma comunidade para a continuidade da tradição budista, implementação de programas de patrocínio, etc.;

- Terminar as obras no Templo Budista em Monsanto de acordo com o protocolo assinado com a Câmara Municipal de Lisboa e iniciar o projeto de uma biblioteca e de um Stupa incluídos nesse protocolo. Criação de uma equipa multidisciplinar para retomar o diálogo com a Câmara, fazer o acompanhamento das obras e elaboração de um plano de atividades e regulamento para utilização dos espaços que seja sustentável em termos financeiros e viável na sua concretização.

 

4. Para reorganizar a capacidade executiva da UBP propomos:

- Criação de uma equipa executiva e dinamização do secretariado;

- Implementação de contabilidade organizada, relatórios de contas e de um plano financeiro sustentável;

- Regularização das quotas. Atualização e organização das bases de dados de sócios e das escolas membro;

- Agilização de resposta a propostas de doações;

- Elaboração de um regulamento e de um plano de atividades;

- Resolução de contenciosos da UBP com terceiros.

Close