Oferecer o suporte da nossa prática a Thich Nhat Hanh

Oferecer o suporte da nossa prática a Thich Nhat Hanh

Thich Nhat Hanh, designado carinhosamente como Thay (mestre) pelos seus discípulos, é um monge e mestre vietnamita, fundador em 1966 da Ordem do Entre-Ser (tiep hien) no seio da Escola Linji do Budismo Chan. A seguir ao XIV Dalai Lama, é o mestre budista contemporâneo mundialmente mais conhecido e respeitado. Foi um destacado activista pelo fim da guerra no Vietnam, o que o levou a ser nomeado para o Prémio Nobel da Paz de 1967 por Martin Luther King. Fundou a comunidade de Plum Village e criou a expressão “budismo comprometido” no livro Vietnam: Lotus in a Sea of Fire (1967), tornando-se um exemplo da prática de estender a atenção plena, o amor e a compaixão a todas as formas de sofrimento actuais não tão evidentes no tempo do Buda Gautama: opressão social, económica e política e violência contra os animais e a Terra. É um poeta e escritor fecundo, tendo mais de cem livros publicados.

Teve um acidente vascular cerebral em Novembro de 2014, que o impossibilitou de continuar a sua longa vida de ensinamentos e activismo, estando actualmente a receber cuidados de saúde no Vietnam, onde continua a irradiar a energia da sua presença e inspiração para milhões de pessoas em todo o mundo, budistas e não-budistas. Comemorou recentemente, em 11 de Outubro, o seu 94º aniversário, que segundo os seus ensinamentos se designa como “dia da continuação”, para expressar a visão de não haver origem nem fim para a vida e a consciência. Imensas pessoas em todo o mundo participaram na celebração deste dia partilhando nas redes sociais as suas histórias de cura e transformação pela prática dos seus ensinamentos.

Uma notícia recente da sua comunidade indica que a sua saúde se mantém estável, graças aos cuidados da sua equipa médica e da sua comunidade monástica, bem como ao suporte da prática de todos os seus discípulos em todo o mundo. E é isso que se pede a todos os que queiram contribuir para apoiar o bem-amado Thay neste período: praticar os seus ensinamentos e desenvolver a energia da paz, da atenção plena, da compaixão e da transformação. É pedido em particular que nos reconciliemos com todos aqueles com quem possamos ter alguma dificuldade. Essa é a melhor prenda que lhe podemos oferecer, agora e sempre.

Paulo Borges (Círculo do Entre-Ser)

Close