Luang Pô Sumedho

Luang Pô Sumedho

 

Robert Jackman, actualmente conhecido como Luang Pô Sumedho e previamente como Ajahn Sumedho (Ajahn: professor, do Pāli ācāriya; Luang Pô: Venerável Pai/Avô, este é um título utilizado para se dirigir com consideração e carinho a monges de idade mais avançada) nasceu em Seattle, Washington, em 1934. Cresceu no seio de uma família Anglicana juntamente com uma irmã mais velha. Entre 1951 e 1953, estudou Chinês e História na Universidade de Washington. Depois de servir quatro anos como médico-assistente na Marinha dos Estados Unidos, regressou à Universidade e completou o BA (Bachelor of Arts degree) Bacharelato em “Estudos do Extremo-Oriente”.

Os estudos apresentaram-lhe o Budismo através da leitura, enquanto que o serviço na Marinha o levou a contactar com a Sociedade Budista do Japão. O seu desejo de ajudar os outros conduziu-o a incorporar-se no serviço da “Cruz Vermelha dos Estados Unidos” por um ano, como trabalhador social. Após esse ano, em 1961, inscreveu-se novamente para completar a Licenciatura MA (Master of Arts degree) em “Estudos do Sul-Ásiático”, na Universidade da Califórnia, Bekerley, onde se graduou em 1963.

Entretanto prestou serviço novamente, desta vez em Sabah, Borneo, onde trabalhou como professor nos “Peace Corps” (Corpos da Paz), entre 1964 e 1966.

Em 1966, viajou até à Tailândia para praticar meditação em Wat Mahathat, Bangkok. Não muito depois, tomou ordenação como monge noviço numa parte remota do País, Nong Khai, até receber ordenação completa em 1967.

Segue-se um ano de prática solitária. Apesar de fecundo, esse período mostrou-lhe a necessidade de ter um professor que o pudesse guiar mais ativamente. Um encontro fortuito com um monge em visita, conduziu-o a procurar o seu mestre de meditação na província de Ubon, no “Mosteiro da Tradição da Floresta” (Forest Monastery – ramo da tradição Theravada da Floresta, oriundo do N/NE da Tailândia) em Wat Nong Pah Pong, para praticar com Luang Por Chah. Torna-se discípulo de Luang Por Chah e permanece sob sua íntima orientação durante dez anos.

Durante este período (1967 – 1977), o agora Venerável Sumedho treina nos diversos Mosteiros do ramo da Tradição de Ajahn Chah (Luang Por Chah) e efetua uma peregrinação na Índia, nos finais de 1973. Em 1975, Luang Por Chah autoriza-o a liderar uma pequena comunidade de monges, fundando assim um “Mosteiro da Tradição da Floresta” para monges do Ocidente, Wat Pah Nanachat, “International Forest Monastery”, onde os ocidentais pudessem treinar em inglês.

Em 1976, Luang Por Sumedho realiza uma viagem de visita aos pais à América. Faz escala em Inglaterra e é convidado a ficar num pequeno Mosteiro Budista em Hampstead, Londres. Uma segunda visita a este Mosteiro, no ano de 1977, acompanhado por Luang Por Chah, marca o início da sua residência em Inglaterra, precisamente no Hampstead Vihāra (Vihāra – residência ou pequeno Mosteiro), com outros três monges.

Desde então, com grandes esforços iniciais e muito boa vontade, quatro grandes estabelecimentos foram fundados como Mosteiros desta Tradição em Inglaterra: Cittaviveka Buddhist Monastery, em Chithurst, West Sussex; Amarāvatī Buddhist Monastery em Great Gaddesden, Hertfordshire; Aruna Ratanagiri Buddhist Monastery em Harnam, Northumberland e Hartridge Buddhist Monastery em Upottery, Devon.

Em 1984, foi eleito Presidente da Buddhist Society, de Londres.

Tendo sido o Abade de Amarāvatī Buddhist Monastery, até 2010, Luang Por Sumedho vive atualmente retirado na Tailândia onde se ordenou.

Hoje, já existem, em vários países, mais sete Mosteiros desta Tradição, cujo mentor foi Ajahn Sumedho, nomeadamente:

Kloster Dhammapala em Waldrand, Kandersteg, Suiça;

Santacittarama em Localta Le Brulla, Itália;

Bodhinyana Monastery em Serpentine, Austrália;

Bodhivana Monastery em East Warburton, Austrália;

Auckland Buddhist Vihara em Mt. Wellington, Nova Zelândia;

Bodhinyanarama Monastery em Stokes Valley, Nova Zelândia;

Abhayagiri Buddhist Monastery em Redwood Valley – California, EUA

Luang Pô Sumedho recebeu em 1981 o Título de Upajjhaya (Upajjhāya: precetor, isto é, um monge com mais de dez anos de ordenação, que tem a autoridade de conferir ordenação monástica completa). Desde então tem ordenado centenas de aspirantes de diversas nacionalidades.

Em 1992, foi dado a Luang Pô Sumedho o Título eclesiástico de Phra Sumedhācariya. Foi então a primeira vez que tal honra foi recebida por um monge ocidental. Também a 14 de Agosto de 2004, lhe foi conferido o Título Honorífico de Phra Rāja Sumedhācariya por Sua Excelência a Rainha da Tailândia.

Visitou Portugal em 2006 e em 2016. Já ensinou na UBP.

Close