Kyabje Dilgo Khyentse Rinpoche

Kyabje Dilgo Khyentse Rinpoche

 

Kyabje Dilgo Khyentse Rinpoche nasceu no Tibete oriental, em 1910. Entrou para o Mosteiro de Shechen, no Kham, com 11 anos, onde iniciou a sua formação com Shechen Gyaltsap, herdeiro espiritual de Mipham Rinpoche e discípulo de Jamyang Khyentse Wangpo e de Jamgön Kongtrul Lodrö Thaye. Kyabje Dilgo Khyentse passou mais de duas décadas em retiro solitário. Mais tarde, viria a receber muitos ensinamentos de Dzongsar Khyentse Chökyi Lodrö (1896-1959), considerado um dos Mestres mais importantes do século XX.

A Linhagem Khyentse representa a atividade de muitas figuras centrais do Budismo Tibetano, tais como o rei Trisong Detsen e Vimalamitra, que conjuntamente com Guru Rinpoche estabeleceram o Budismo no Tibete no século VIII; Longchenpa, que viveu no século XIV e cuja obra ilumina toda a filosofia Budista; Jigme Lingpa, que no século XVIII expôs a tradição Longchen Nyingtik, muito conhecida pelas suas práticas da Grande Perfeição (Dzogchen) e praticada pelas quatro escolas do Budismo Tibetano.

Nos anos 70 e 80 do século XX, Kyabje Dilgo Khyentse Rinpoche viajou extensivamente pela região dos Himalaias, Índia, Ásia e Ocidente, onde ensinou e aconselhou inúmeros discípulos, incluindo muitos Mestres de todas as tradições do Budismo Tibetano, como Sua Santidade o Dalai Lama, que o considerava o seu principal Mestre de Dzogchen.

Kyabje Dilgo Khyentse Rinpoche tinha a sua residência europeia no centro francês da Fundação Kangyur Rinpoche, na Dordogne, onde permanecia por longos períodos ensinando os muitos discípulos que aí acorriam. Kyabje Dilgo Khyentse Rinpoche era também um Tertön e inspirou todos os que o conheceram com a sua bondade, simplicidade e dignidade que ainda hoje perduram.

Close