Donativos

donativos

Queremos que os ensinamentos do Buda sejam preservados e prosperem em Portugal. Por isso o nosso objectivo é oferecer os Ensinamentos do Buda a todos os que o desejem, e contribuir para a sua preservação e prática, nas suas diferentes tradições.

Para o fazer a União depende exclusivamente da generosidade dos que apoiam este projecto, e todas as contribuições que recebemos são aplicadas unicamente na concretização deste objectivo. Esta proposta que fazemos pode  também ser tomada como uma prática.

 

Como doar

Segundo a sua disponibilidade e motivação, poderá contribuir de diferentes formas:

  • Doações pontuais ou periódicas de uma determinada quantia, através de transferência bancária.
  • Inscrever-se como Patrono da União - Preencha o formulário

Ao fazer uma contribuição, considere dedicar o mérito, principalmente ao florescimento do Buddhadharma em todo o mundo, e também a tudo o que deseja para si pessoalmente, como a saúde de um ente querido ou uma causa que o preocupe. Basta escrever sua dedicação na secção de comentários do formulário.

A União Budista Portuguesa é uma associação religiosa sem fins lucrativos legalmente registada em Portugal.

 

 

Outras maneiras de contribuir

Trabalho voluntário

A sua ajuda é preciosa. Partilhe as suas habilidades e mais valias e aprenda ao longo do caminho.

Oferta de livros

A doação de livros no âmbito do Dharma, tornarão a nossa biblioteca mais enriquecida possibilitando uma crescente divulgação dos ensinamentos.

 

Contacte-nos em mail@uniaobudista.pt

 

Benefícios da Dávida

Doar

Dana (Sânscrito e Pali) quer dizer "generosidade" ou "donativo". Também se refere à prática de cultivar a generosidade.

"É sabido que dana está no início do caminho budista. Dana, literalmente, manteve o Dhamma vivo. Se não fosse pela tradição indiana de dar aos mendicantes, o Buda nunca teria tido a oportunidade de explorar e encontrar o caminho para o Despertar. A sangha monástica não teria tido tempo e oportunidade de seguir seu caminho. Dana é o primeiro ensinamento no discurso gradual, a lista de tópicos em que o Buda costumava guiar os Auditores passo a passo para uma apreciação das quatro nobres verdades, e muitas vezes, a partir daí até à ao seu primeiro gosto do Despertar. Ao declarar os princípios básicos do karma, ele começaria com a afirmação: "Há o que é dado". Extraído de: No Strings Attached: The Buddha’s Culture of Generosity, de Thanissaro Bhikkhu.

Mérito

Punya (Sânscrito) ou punna (Pali) é acumulado através de boas acções, pensamentos e acções, e contribui para o progresso em direcção à libertação espiritual. Acumular o mérito é única maneira de cultivar a compreensão e a confiança na simplicidade.

Os benefícios de doar estão descritos no Sutra sobre os Votos Originais e a Obtenção dos Méritos do Bodhisattva Ksitigrabha, em particular, o capítulo X,  A Comparação de Méritos da Dádiva de Esmolas.

Tendrel

A palavra tibetana tendrel é muitas vezes traduzida como "origem dependente " ou "interdependência". No ensinamento do Buda sobre a interdependência, é explicado que todas as situações surgem através da conjunção de inúmeras causas e condições, ligações kármicas. Ao contribuir financeiramente para a UBP, mesmo um centavo, está a criar uma conexão auspiciosa com os eventos que apoiamos.

 

Porque precisamos de donativos

A União Budista não tem outra fonte de receita senão os donativos que recebe.  A manutenção da nossa infra-estrutura, em particular as nossas instalações e serviço de atendimento, é fundamental para continuarmos a nossa actividade. Também a implementação e progresso dos nossos projectos dependem dos recursos financeiros disponíveis. Para a União sobreviver e continuar a evoluir, precisa do seu apoio.

Close