Budismo em Portugal

O Budismo é uma religião com cerca de 2600 anos, fundada a partir dos ensinamentos do Buda Shakyamuni e nos seus princípios de não-violência e visão da interdependência. De acordo com estudos de 2016, o Budismo tem 1,6 biliões de praticantes, cerca de 22% da população mundial.

No estudo publicado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos "Identidades religiosas e dinâmica social na Área Metropolitana de Lisboa” (Julho 2019), é referido que apenas na Área Metropolitana de Lisboa existam aproximadamente 20.000 budistas. No seio das comunidades budistas estima-se que a nível nacional o número de praticantes seja cerca mais de 35.000.

A presença do budismo na Europa começou nos anos 60, com a vinda de mestres do Japão, do Vietname, da Índia, do Tibete, entre outros. Inicialmente as comunidades monásticas e laicas estabeleceram-se principalmente no Reino Unido e em França, tendo-se posteriormente espalhado por outros países europeus. Em Portugal destaca-se a visita do mestre zen Taisen Deshimaru no início dos anos 70 e uma década mais tarde instalaram-se o zen japonês e o budismo tibetano, sendo seguidos nos anos 90 pelas tradições chinesa, tailandesa e vietnamita. A partir de 2000, com o crescente número de praticantes e interesse dos portugueses, o nosso país passa a ser ponto de visita de grandes mestres de renome mundial dos quais se destaca S.S. o Dalai Lama, S.S Sakya Trizin e S.E. Garchen Rinpoche da tradição tibetana; Raphaël Dôkô Triet da tradição zen japonesa, Luang Por Sumedo da tradição theravada tailandesa e o mestre Hsing Yun da tradição chan chinesa.

Close